A 8ª edição da Festa Literária Internacional de Paraty (Flip) reunirá, entre 4 e 8 de agosto, uma verdadeira seleção das letras na cidade do sul fluminense. Serão 35 autores, de 14 diferentes países, reunidos em 19 mesas literárias e a conferência de abertura. De política e escravidão aos quadrinhos, das fábulas aos thrillers policiais, do ebook e ipad às letras de música, nada escapa à programação 2010 da Flip. Com um orçamento de R$ 6,3 milhões – verba que engloba o programa educativo desenvolvido ao longo de todo o ano -, a Flip promete reunir mais de 20 mil pessoas em Paraty ao longo dos cinco dias de evento.
O público desta edição também será o mais diverso possível. Estarão reunidos, lado a lado, os leitores da chilena Isabel Allende e do cartunista Robert Crumb, além de toda a comunidade acadêmica que tem nos historiadores Robert Darnton e Peter Burke os grandes nomes das discussões sobre mídia e o futuro dos livros. Sobre esse processo de transformação em que se encontra também o mercado editorial estará presente no debate o CEO da editora Penguin, John Makinson. – É justamente essa pluralidade que faz da Flip um dos encontros de literatura mais representativos. A riqueza está no encontro dessas vozes diferentes, na mistura que faz toda a diferença”, comenta o diretor de programação – Flávio Moura.
Gilberto Freyre: homenageado 2010
Outro destaque desta edição da Flip é a programação voltada ao escritor homenageado, o sociólogo Gilberto Freyre. Além da conferência de abertura, com participação do sociólogo e ex-presidente da República Fernando Henrique Cardoso e do historiador Luiz Felipe de Alencastro, serão três mesas dedicadas ao autor de Casa Grande & Senzala. Homenagem pensada pelo diretor de programação da Flip, Flávio Moura, em parceria com a historiadora Maria Lúcia Garcia Pallares-Burke, que vai participar de um dos debates, reúne grandes estudiosos de Freyre. Edson Nery da Fonseca, Moacyr Scliar e Ricardo Benzaquen de Araújo irão discutir as grandes obras do sociólogo, na companhia de Berthold Zilly, que volta à tenda para dar seu olhar estrangeiro aos trabalhos de Freyre.
A contemporaneidade da obra de Freyre será o tema da mesa do sociólogo José de Souza Martins, do historiador Peter Burke e do antropólogo Hermano Vianna. As obras menos conhecidas de Freyre serão exploradas, com mediação da antropóloga Lilia Moritz Schwarcz, pelos estudiosos Maria Lucia Burke, Alberto da Costa e Silva e Angela Alonso. Para completar a homenagem, o show de abertura será todo dedicado e inspirado nas obras de Freyre. Com direção artística de Arthur Nestrovski, o Quarteto de Cordas da Academia Osesp e Edu Lobo farão um show único, especialmente produzido para a Flip. Em 2009, pela primeira vez, o evento começou a usar mídias sociais como ferramenta de divulgação e de democratização de conteúdo.
MAIS ATRAÇÕES
A Flip, chega à sua 8ª edição já estabelecida como um dos mais importantes eventos culturais de Paraty e do Brasil. Sua programação não se restringe apenas às palestras. Acontecem também a Flipinha, a FlipZona, a programação da Casa da Cultura, a Off FLIP, shows, apresentações de teatro, lançamento de livros e muito mais.
Flipinha – tem como missão a formação de leitores críticos e reflexivos, aptos a pensar e intervir em seu ambiente. O trabalho realizado pelas crianças ao longo do ano é condensado e exposto ao público durante a Flipinha, a programação infantil da Flip.
FlipZona – programação especial para adolescentes, a 2ª edição da FlipZona traz grande variedade artística. Do fenômeno Alice às viagens da família Klink, passando pelas histórias em quadrinhos nada escapa da programação juvenil da Flip.
Casa da Cultura – Como acontece todo ano, a Casa da Cultura de Paraty oferece, dentro da Flip, uma programação alternativa com eventos que não se restringem aos formatos da Tenda dos Autores. Gilberto Freyre, o grande homenageado da Festa, será tema de discussão numa mesa com os historiadores Peter Burke, Joaquim Falcão e Rosa Maria Araújo.
Off Flip – criado em 2006 como parte da programação literária, o Prêmio Off Flip de Literatura premia autores locais, nacionais e internacionais nas áreas de conto e poesia. Todo ano oferece aos vencedores premiação em dinheiro, além de estadia em Paraty e ingressos para mesas da Flip
Mais informações no site da Flip: www.flip.org.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.