O projeto de reativação da Ferrovia Príncipe do Grão-Pará, que liga o Rio de Janeiro a Petrópolis, foi aprovado em segunda discussão na Assembléia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (ALERJ). E agora depende da aprovação do Governador Sérgio Cabral. A Assembléia julgou relevante para o interesse turístico e econômico, que a ferrovia volte a funcionar.
“Reativar a ferrovia Grão-Pará e fazer a ligação Rio-Petrópolis, em 1 hora e 20 minutos, neste sentido, é fundamental e abrirá para Petrópolis e demais municípios da Região Serrana, a oportunidade de receber mais 600 mil turistas por ano, com emprego direto para mais de 2.000 pessoas. Com a revitalização da ferrovia, será retomado um dos mais belos passeios turísticos da Região Serrana, destacou o deputado João Pedro, autor do projeto.
A ferrovia que foi inaugurada em 1883, no império de Dom Pedro II, está desativada desde 1964, depois de 80 anos de uso. A malha ferroviária contava com cerca de 6 km de extensão, utilizava a técnica de cremalheira e atingia uma cota acima dos 800 metros no Alto da Serra.
O Projeto de Lei Nº 2736/2009 tramita na câmara dos deputados desde novembro de 2009 e, se aprovado pelo Governador, poderá aliviar os problemas com o trânsito nas estradas, dando mais força para o movimento pelo retorno do transporte ferroviário no país, tanto para o uso de passageiros, como para transporte de cargas, turismo e cultura.
Apesar da aprovação definitiva do projeto estar próxima, o deputado ainda recolhe assinaturas para reforçar a importância da medida.
Outras informações podem ser obtidas no site Manifesto Livre. onde consta um abaixo assinado que ja conta com mais de 2 mil assinaturas.

Um comentário:

  1. Seria interessante a presença do senhor Pedro Thiago de Orleans e Bragança.. descendente de D. Pedro II e que (de acordo com a Constituição do Império - 1824) seria o Príncipe do Grão-Pará.

    ResponderExcluir

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.