Que tal curtir o charme e o friozinho da serra fluminense acompanhado de uma boa música? Petrópolis está com um calendário recheado de atrações para esta época do ano, e entre elas destaca-se o 11º Festival Vilarejo de Jazz, que acontecerá entre os dias 17 de julho e 07 de agosto, na Praça do Sol do Shopping Vilarejo, em Itaipava.
O festival traz mais uma vez grandes intérpretes e instrumentistas do gênero, como Therciano Albuquerque, Ney Conceição & Wilson Meireles Trio, Gilson Peranzzetta e Mauro Senise, Jazzeando e Quarteto Serra Velha. “O Festival Vilarejo de Jazz faz parte do calendário anual de eventos do Shopping e em sua primeira edição foram realizadas 20 apresentações musicais, com os melhores nomes da época. A iniciativa deu tão certo que hoje estamos na 11ª edição, incentivando estilos e trazendo músicos consagrados no âmbito nacional e internacional, assim como talentos locais”, disse Priscila Bernardes, gerente de Comunicação e Marketing do Shopping Vilarejo. Uma programação de alto nível para agradar aos apreciadores exigentes deste segmento musical.
Só para enriquecer o conhecimento, o jazz é uma manifestação artístico-musical originária dos Estados Unidos que se desenvolveu com a mistura de várias tradições musicais e se adaptou a muitos estilos, obtendo assim uma grande variedade melódica, harmônica e rítmica. Essencialmente, é o gênero musical que dá ênfase à improvisação e permite constantes oportunidades dos músicos serem criativos e trazerem novas ideias.
Com uma abordagem jazzística e de forte influência da música brasileira, o trio formado por Therciano Albuquerque no piano, Ney Conceição no contrabaixo e Wilson Meireles na bateria, abre o festival apresentando composições e releituras que transitam entre o jazz, bossa nova, MPB e fusion. No sábado seguinte será a vez de Gilson Peranzzetta e Mauro Senise subirem ao palco com um show que celebra os 20 anos de parceria da dupla. O novo álbum, ‘Melodia Sentimental’, tem um repertório que abrange composições dos séculos 18 a 21 — de Johann Sebastian Bach ao próprio Peranzzetta.
Depois o público poderá conferir as atrações locais Jazzeando, com músicos experientes que apresentam clássicos que vão dos Standards até os sucessos atuais com uma roupagem totalmente jazzística, e encerrando o festival a atração Quarteto Serra Velha, que toca composições próprias e músicas de outros compositores, com arranjos feitos pelo próprio grupo.
“Este gênero de música atrai um público mais sofisticado, que aprecia boa música, bons restaurantes e frequenta pousadas charmosas. Isso só reforça o perfil de uma Petrópolis com atrações turísticas mais refinadas”, comentou o músico Mauro Senise. Não fique de fora e venha prestigiar a música instrumental brasileira. Os shows são gratuitos e acontecem aos sábados a partir das 19h.
FOTO: GILSON PERANZZETTA E MAURO SENISE

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.