Antiga estação de trem é reativada como Centro de Cultura
No último domingo, dia 29, a Prefeitura de Petrópolis, através da Fundação de Cultura e Turismo inaugurou o Centro de Cultura de Cascatinha. O local proporcionará ao público, um espaço para eventos culturais e integração social. A proposta do Centro de Cultura ainda vai além: atentando para a inclusão digital da população, em breve serão instalados oito computadores no anexo à antiga estação, para as aulas de informática gratuitas que serão oferecidas aos moradores do bairro.
Após ser desativado como estação de trem, o local se tornou casa de família durante algum tempo. Quando os ocupantes deixaram o lugar, a moradora Wilma Borsato, pensando na preservação do espaço público, pediu autorização da Prefeitura para transformar o espaço em centro cultural. Desde então, há 5 anos funcionando de forma independente aos sábados e domingos, a antiga estação abriga uma exposição permanente de fotos, documentos e artigos que revelam um pouco da história do Cascatinha. A partir de agora, com a participação da Prefeitura, o investimento no centro cultural será ainda maior. “Tudo que engrandeça a vontade e a necessidade da população tem que ser observado pela administração pública. Esse trabalho da Prefeitura é abrangente, e ajuda o Cascatinha a se comunicar com o restante da cidade”, declara dona Wilma.
Os moradores do bairro estão satisfeitos com o investimento e com as ações que serão promovidas pelo novo Centro de Cultura: “O resgate da história do bairro é de uma importância incalculável. As crianças já gostavam de visitar a exposição antes, e a partir de agora, com todas as melhorias, vão gostar ainda mais. Acho que podiam incentivar as famílias daqui a trazerem para cá objetos antigos, que às vezes ficam esquecidos em casa, e transformar o espaço num museu.”, diz a moradora Cristina Oliveira.
A inauguração contou com a exposição de artefatos da antiga fábrica Cia. Petropolitana, e foi animada ao som de música popular, com a Banda 1º de Setembro sob regência do Maestro Clever. O presidente da Fundação de Cultura e Turismo, Charles Rossi, comemorou a ocasião: “A banda centenária marca a reabertura do Centro de Cultura de Cascatinha, que passa a funcionar de terça a domingo. É maravilhoso para a comunidade ter um local que irá oferecer uma programação cultural permanente e diversificada, além de levar ao público aulas e oficinas, gratuitamente”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.