O prédio da primeira cervejaria do país, em Petrópolis, será transformado em museu em 2011. As antigas instalações da Bohemia, cuja fachada é tombada pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), abrigarão ainda uma microcervejaria e um centro de tradições germânicas e petropolitanas. Fundada pelo colono alemão Heinrich Kremer entre 1853 e 1854, a pequena indústria fluminense foi montada seguindo o modelo das produtoras familiares alemãs. Inicialmente eram fabricadas 6 mil garrafas por mês, distribuídas em carroças e charetes. A unidade está desativada desde 2000. O investimento para criação do Museu da Cerveja é calculado em R$ 40 milhões, custeados pela Ambev, atual dona da marca, pelo governo do Rio e pela Prefeitura de Petrópolis.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.