Cartunista Lan: prêmio na categoria Notório Reconhecimento 

A festa de entrega do prêmio, que tem como patrono o petropolitano César Guerra-Peixe - considerado um dos maiores compositores do Brasil -, será no dia 18 de março, no Theatro D. Pedro
O Prêmio Maestro Guerra-Peixe de Cultura chega à sua segunda edição e premia os que mais se destacaram na área da cultura em 2010. A ousadia dessa premiação está na quantidade e abrangência das onze categorias envolvidas – este ano houve a inclusão da categoria “Canto Coral” em função da profusão deste segmento no município.
O destaque do ano passado ficou por conta do escritor e humanista Leonardo Boff, que recebeu o prêmio na categoria “Notório Reconhecimento” pelo conjunto da obra. O premiado nesta classe este ano será o cartunista Lan, italiano, naturalizado brasileiro, residente em Petrópolis no distrito de Pedro do Rio há 35 anos. Na primeira edição, em 2010, o Petrópolis em Cena venceu as duas categorias a que foi indicado: Comunicação (jornal e site) e Produção Cultural.
A comissão julgadora foi formada por nove integrantes: Marilda Varejão (jornalista, trabalhou em revistas e jornais como “Quatro Rodas”, “Claudia” e “Manchete”, tendo dirigido a redação das revistas “Pop”, “Pais e Filhos”, “Capricho” e “Marie Claire”), Pedro Paulo Azevedo (psicanalista, produtor cultural, pianista e compositor amador) e Ângela Valle (formada em psicologia, redatora, poetisa, revisora de textos e produtora cultural), Arthur Varela (ator, artista plástico, cenógrafo e carnavalesco); Antônio Cláudio Gomes (ator, escritor e professor) e Mônica Winter (jornalista, trabalhou como radialista na Tribuna FM) estes representando a sociedade civil. Maria Cláudia Gonçalves (assistente da gerência de programação cultural, formada pelo seminário permanente de políticas públicas de cultura do estado do RJ); Pedro Troyack (gerente de programação cultural) e Maria Luiza Retamal (assessora da gerência do Theatro D. Pedro), estes três últimos representando a Fundação de Cultura e Turismo. A comissão do Prêmio Maestro Guerra-Peixe de Cultura – que contou com a coordenação do músico e ator Marco Aurêh –, elegeu os seguintes indicados por categoria:
I MÚSICA – Dudu King (Conjunto da obra); Marcio Negócio (VelhoSambaNovo); Marcelo Coutinho (Camerata Natalina); Marco Aurélio Lischt (concerto de reinauguração do órgão da Catedral São Pedro de Alcântara);
II. TEATRO – Espetáculo musical “Um Sarau Imperial”; Cia Teatral Língua de Trapo (Teatro de rua - Tukutuka no Brasil); Espetáculo musical “Encanta Noel”; Frank Lopes (“Venha rir de mim”);
III. DANÇA – Allan Keuppert (Evolution); Laell Rocha (conjunto da obra);
IV. ARTES VISUAIS – Pollo Rios (Arte sem texto); Arte Garagem 2010; Drica Soares (Aporia); Roberto Franco Valente (20 anos depois).
V. LITERATURA – Valdir Pietre (Saco e Vanzetti & Che Guevara em Petrópolis; Vera Abad (Dona Cotinha e o segredo da caixa de costura); Denilson Araújo (Alegria de boa lavra – artefatos de ler); Fernando Py (Confissão Geral);
VI. CANTO CORAL – Coral Municipal de Petrópolis (Conjunto da obra); Princesas Cantoras (Concerto de Primavera); Coral Nheengarecoporanga (CDDH); Cant Vox (Concerto de Natal).
VII. COMUNICAÇÃO – Marcio Salerno (conjunto da obra); Caderno Lazer (Tribuna de Petrópolis); Net Petrópolis; Jornal de Petrópolis.
VIII. AUDIOVISUAL – Leandro Zappala (Vídeo “Residência Artística em Estocolmo” (Quarto Physical Theater); Geórgia Guerra-Peixe (Documentário “O Samba que mora em mim”).
IX. PRODUÇÃO CULTURAL – Petrópolis em Cena Produções Culturais; Viva Cultura Planejamento Cultural, SESC; Dell’ Arte Soluções Culturais.
X. CATEGORIA ESPECIAL – SAV (Sociedade Artística Villla Lobos), Covil Imaginário (Mostra Minimalista); Banda 1º de Setembro (Concertos dos 100 anos); SOPEF (50 anos).
XI. NOTÓRIO RECONHECIMENTO – Lan.
A festa de entrega do prêmio, que tem como patrono o petropolitano César Guerra-Peixe - considerado um dos maiores compositores do Brasil -, será no dia 18 de março, data de aniversário do maestro que, se estivesse vivo completaria 97 anos de idade. Os indicados, que irão concorrer a uma estatueta em bronze artístico criada pelo escultor petropolitano Sergio Cestari, só serão conhecidos na hora. A solenidade de entrega acontecerá no Theatro D. Pedro somente para convidados.


Laell Rocha, que é diretor teatral, bailarino, coreógrafo, escritor infanto-juvenil e empresário, foi indicado nas categorias Dança e Produção Cultural

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.