A artista plástica paulistana Ana Rita Videira apresenta a mostra "Alma Feminina" na Sala de Exposições do Espaço Cultural da Câmara dos Deputados, de 19 de abril a 5 de maio. Com curadoria de Lothar Fidelis e produção de Byron Mendes, recém chegado de Nova York.
O trabalho de Ana Rita  abandona a representação figurativa para explorar formas geométricas em um estilo que tende para a abstração.  "Ana Rita Videira concebe em sua arte um universo paralelo onde, através das suas formas abstrato-fluídicas, constrói uma
realidade cheia de beleza e onirismo. Formas e figuras quase geométricas que se diluem, carregadas de matéria pictórica tendendo ao monocromatismo", ressalta o produtor  da exposição Byron Mendes.
SOBRE A ARTISTA
Nascida em Santos (SP) e graduada pela Faculdade de Arquitetura e Urbanismo de Santos, atualmente reside em Joinville (SC). Funcionária do Banco do Brasil, Ana Rita teve contato com a música e o desenho muito cedo. Hoje a artista tem no currículo mais de 65 exposições, entre mostras coletivas e individuais no Brasil e no exterior. As principais exposições internacionais foram realizadas no Centro Cultural Quinta das Cruzadas, em Sintra (Portugal); na Mostra Panorama Brasil, em Barcelona (Espanha); na Net Art Internacional, em Lisboa (Portugal); na Associação Abril 25 anos, em Lisboa; no Salão Grande D’Art Contemporain, em Berlim (Alemanha), no Forum das Artes, em Berlim; no Salão "Grande Marché D’Art Contemporain", na Place de La Bastille, em Paris (França). Ana Rita possui obras em exposição permanente nas galerias: Spazio Uno, Itaipava (RJ); Kunst, Petrópolis (RJ); Arte Aplicada e Mônica Filgueiras, em São Paulo; e Bahiarte, em Londrina (PR). Tem ainda obras em coleções particulares no Brasil e em acervos oficiais da Prodesan, em Santos; do Museu de Arte do Parlamento do Governo do Estado de São Paulo; e do Banco do Brasil. Sua obra consta do "Le Sermandiras, Guide de L'Art Internacional", 15ª e 16ª edições e do Anuário Brasileiro de Artes Plásticas. Ela também produziu a capa do livro "Hora Dividida" do poeta Marcelo Cardoso.
Ana Rita estará em Brasília para o coquetel de abertura da exposição no dia 19 de abril, às 18 horas, na Sala de Exposições. O curador Lothar Fidelis, que acompanha a artista, define sua obra como "Emocional, espontânea, de forma orgânica e biomórfica, de elaboração consciente e conteúdo estético - sem rótulos; percebe-se assim, nitidamente, o pensamento feminino, onírico, sensual, e por fim abstrato; em suas delicadas pinceladas".
SERVIÇO
Exposição "Alma Feminina" dar artista Ana Rita Videira.
Coquetel de Abertura: 19 de abril de 2011, às 18 horas, na Sala de
Exposições do Espaço Cultural da Câmara dos Deputados. Edifício
Principal – Entrada pelo estacionamento da Chapelaria.
Visitação de 19 de abril a 5 de maio de 2011, de segunda a sexta, das
9h às 17 horas.
Entrada Franca.
Livre para todas as idades.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.