No último domingo, Dia do Trabalhador, Catarina Maul, que no momento dedica-se à captação de recursos para o desenvolvimento de vários projetos que privilegiam iniciativas culturais, apresenta o programa na TV Vila Imperial " Bem Cultural" além de coordenar, na Secretaria de Educação, o projeto Brasil Musical, que conta com a participação de mais de 35 escolas municipais, representou Petrópolis no 1º Encontro Interestadual do Grupo Papo de Sambista. Também lá, representando o projeto desenvolvido na Secretaria de Educação, o professor e pesquisador Walmir Pimentel.
O evento realizado no G.R;A.N.E.S. Quilombo, entidade fundada pelo mestre Candeia, em tempos idos, teve a proposta de reunir várias lideranças do samba e agentes culturais envolvidos no seu estudo, propagação e enaltecimento do rítmo, buscando para o mesmo a visibilidade merecida como verdadeiro patrimôno cultural.
Com inicio previsto para as 11h, o Quilombo mostrou, no evento, as suas iniciativas culturais voltadas para as questões da consciência negra, como a Capoeira, o Jongo e o Samba.
Presentes no evento, vários líderes, compositores, intérpretes, comunicadores, artistas e amantes do samba. Também lá Aglaise, uma das líderes da Rádio Web Viva o Samba.
Receberam as devidas homenagens, os radialistas da Radio Nacional Adelzon Alves e Ruben Confete. Adelzon apresenta o programa histórico Amigo da Madrugada, na rádio, alem de estar à frente de um programa na Rádio MEC. Já Rubem Confete é reconhecido como jornalista, compositor, pesquisador das questões afrobrasileiras e referência na Cultura Nacional.
Homenagens também foram feitas a Waldir 59, parceiro e amigo pessoal de Candeia, que junto do compositor esteve até mesmo nos momentos mais difíceis, quando Candeia, enquanto policial, levou 5 tiros que o deixou numa cadeira de rodas até o final de sua vida.
Selma Candeia, filha e presidente do Quilombo, recebeu com carinho vários convidados, entre eles os filhos de mestres do samba, que marcaram presença no encontro, como Alex Ribeiro e Verônica Maia, filha de Monsueto, que hoje coordena a Fundação Espaço Cultural com o nome do pai. A canção de Monsueto, "Me deixa em paz" é hino das noites do Sambas de Quinta, que em Petrópolis tem nos vocais a doce e linda voz de Letícia Azevedo.
Também enriqueceu o evento com simplicidade e simpatia a neta de Cartola, Nilcemar Nogueira.
Presente também estava a representação do projeto paulista SP em Retalhos, nas pessoas de Júnior de Peruche, lider do movimento, Ana Elisa, Carminha, Marisa Santana e Danilo.
Catarina Maul, que organizou com as lideranças a festa, mais uma vez teve a chance de beber da fonte mágica da cultura além dos livros e sites, mas contada por quem vivenciou os movimentos, construiu alicerces, abraçou várias causas.
No encontro, compositores e intérpretes se unem, canções ganham vida nas imagens dos poetas que as escreveram e um grande elo se forma, o que faz com que o Grupo Papo de Sambista, do qual Catarina Maul orgulhosamente faz parte como uma das organizadoras, já prepara o próximo momento de festa múltipla, dessa vez no Cacique de Ramos, que aos 60 anos de existêcia, será o enredo do samba da Mangueira, no Carnaval 2012.
O Grupo Papo de Sambista foi fundado por Adevanir Fumero e conta com a atuação de vários membros do samba em movimentos espalhados por vários estados brasileiros.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.