(Indicado ao Prêmio Shell de Melhor Música - Dia 15 de Outubro - Produção Petrópolis em Cena)
:: APRESENTAÇÃO ::
Talvez a história de amor mais conhecida de todos os tempos, ‘Romeu e Julieta’ perdura há quatro séculos como inesgotável objeto de fascínio, estudo e admiração. Em meio a uma infinidade de teses, montagens, filmes e adaptações do original de Shakespeare (1564-1616), a ousadia de um espetáculo chamou a atenção no disputado circuito londrino e também no Off-Broadway.
Ao reencenar o clássico através de quatro alunos de um colégio interno na Inglaterra, o autor Joe Calarco fez de ‘Shakespeare’s R & J’ (no original) o grande destaque teatral de 1997, quando arrebatou a crítica e ganhou os mais importantes prêmios locais. Sucesso de público e crítica, “R & J” de Shakespeare - Juventude Interrompida’ - a versão brasileira do texto – indicado ao Prêmio Shell 2011 de Melhor Música, será encena em Petrópolis no dia 15 de Outubro, às 20h, no Theatro D. Pedro, a através do Circuito das Artes. Petrópolis em Cena assina a produção do mega-espetáculo.

:: SINOPSE ::
Em uma escola católica extremamente conservadora, quatro estudantes exploram ‘Romeu e Julieta’ como uma fuga da repressão em que vivem, e através disso exploram suas próprias sexualidades. Eles começam a ler – e depois a ‘viver’ propriamente – todos os diálogos e emoções do clássico. Essa é a história de R & J de Shakespeare - Juventude Interrompida.
O texto de Joe Calarco ganhou fama no circuito Off-Broadway em 1997. Digno de alguns dos mais conceituados prêmios teatrais dos Estados Unidos, o espetáculo {no original Shakespeare’s R & J} ganhou versões em todo o mundo, inclusive no Brasil. A versão tupiniquim tem tradução de Geraldo Carneiro, e direção de João Fonseca. No elenco, brilham os promissores João Gabriel Vasconcellos, Rodrigo Pandolfo, Pablo Sanábio e Felipe Lima.
Tudo contribui para ser um ótimo programa. Romeu e Julieta é o clássico dos clássicos; Shakespeare é um dos maiores dramaturgos da história mundial; a ideia de levar o texto para uma escola inglesa é ótima; a direção segura; e o elenco é forte. O adjetivo "forte" cabe bem para definir a atuação dos rapazes. Eles são os responsáveis por todos os papeis da história de Shakespeare, e se desdobram em muitos. É fascinante - principalmente lembrando que na época do dramaturgo inglês os papeis femininos eram interpretados por rapazes. Apesar da multiplicidade os atores sempre voltam à base dos alunos reprimidos do colégio interno, mantendo o rumo da peça.
O público sai do teatro ansioso por ver aqueles rostos em outras produções, convencido do talento posto à prova com um texto magnífico.

:: SERVIÇO ::

R & J de Shakespeare - Juventude Interrompida

Classificação indicativa: 16 anos
Duração: 105 minutos
Data: 15 de outubro (sábado)
Horário: 20h
Local: Theatro D. Pedro
(Praça dos Expedicionários S/N – centro)
Telefone: (24) 2235-3833
Capacidade: 488
Ingresso: R$ 15,00 (inteira) e R$ 7,5 (meia para estudantes, idosos, ppdf e clientes Unimed)
Produção Nacional: Turbilhão de Idéias
Produção Local: Petrópolis em Cena
Realização: Circuito Estadual das Artes

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.