Na semana de 18 a 24 de março, será oficialmente lançado em Petrópolis o Madrigal Maestro Guerra Peixe. O projeto sócio cultural, além de levar música para jovens de 7 a 14 anos, gratuitamente, ainda pretende oferecer aos envolvidos, conhecimentos acerca da vida e obra do famoso maestro e de outros compositores importantes do Brasil e do mundo.
O nome “madrigal” foi adotado pelo mentor do projeto, por ser o mesmo referente à temáticas amplas, comoassuntos heróicos, pastoris e até libertinos. Por sua flexibilidade, que nenhuma outra forma musical havia até então oferecido aos músicos no século XVII, assim como pela variedade dos textos sobre os quais se constrói, ele favorece a imaginação criadora e o lirismo de expressão.
O projeto é fruto de uma benfeitoria em forma de apoio cultural social, sem fins lucrativos, sem busca de visibilidade, partindo do profundo amor do seu mantenedor pela arte, principalmente pela música.
A admiração por Guerra Peixe, assim como pela sua importância para a história de Petrópolis, do Brasil, e por sua didática reconhecida no ensino da música, fez com que o sonho do Madrigal Maestro Guerra Peixe pudesse ser realidade a partir do mês de seu aniversário em 2012.
Se cada um fizer o que está dentro de suas condições para diminuir a diferença sócio -cultural do país, um dia o Brasil será um lugar melhor para seus filhos e para todas as futuras gerações.  O projeto, mesmo tímido, abre vagas para 50 jovens que participarão gratuitamente dos ensaios na Escola de Música Santa Cecília, recebendo uniforme,  material e lanche nos encontros, a fim de aproximar de forma descontraída a equipe coordenadora e os menores.
Para cumprir a legislação de direitos autorais, o uso do nome, as fotos e obras de Guerra Peixe, presentes no desenvolvimento do projeto, foram cedidas, gentilmente, pela familiar do mesmo, que detém os seus direitos e apoia a iniciativa.
Com o único intuito de realizar uma ação social/cultural através da música, o Madrigal Maestro Guerra Peixe não se proporá a envolvimentos políticos, não terá cunho religioso e não fará qualquer distinção entre os seus participantes, tendo apenas uma regra para participação: que amem a música e acreditem na arte.
Será realizado pela empresa Bem Cultural Produções, sob coordenação geral da produtora e pedagoga Catarina Maul, e terá como maestro o mestre Carlos Eduardo Fecher, um dos maiores conhecedores em Petrópolis da vida e obra do maestro Cesar Guerra Peixe.
As inscrições poderão ser feitas  com Luana Lagreca, através do telefone (24) 8139-1399 ou pelo e-mailmadrigalmaestroguerrapeixe@gmail.com.

Depoimento de Carlos Eduardo Fecher:
"Ao me referir sobre Guerra-Peixe como um grande professor, vejo que ele nos transmitiu o que aprendeu do povo nas suas andanças pelo nosso Brasil de forma apaixonada e comovente, tal como nossa própria terra lhe havia ensinado.Sua escrita, seu pensamento e sua obra são frutos de quem soube perceber a grandiosidade do país que, generosamente, lhe deu o motivo condutor da sua própria vida."

FONTE: Catarina Maul

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.