DIA MUNDIAL DO TEATRO

Nada mais justo que comemorar o Dia Mundial do Teatro fazendo teatro, o puro teatro, o teatro do improviso!
É desta maneira que os alunos do Curso de Teatro (Núcleo Adulto) do Espaço Cultural ARTE NA AVENIDA vão comemorar este dia tão especial para eles.
No espetáculo CENAS IMPROVISADAS os atores jogam no palco.  São cenas criadas na hora, aos olhos do público. Muita criatividade, muita coragem e bastante bom humor. Já reconhecido pela qualidade e inovação das peças de improviso que apresenta o grupo de teatro do Espaço Cultural ARTE NA AVENIDA traz, na próxima 3ª feira – dia 27, para o palco do Centro de Cultura Raul de Leoni,  CENAS IMPROVISADAS, o espetáculo em que a plateia participa e desafia os atores a encenarem sob temas sugeridos na hora, ganhador do Prêmio É FESTA como o melhor espetáculo teatral de 2010.
O grupo fará uma apresentação exclusiva no dia 27 de março (3ª feira), às 20:00 horas, no Centro de Cultura Raul de Leoni – Teatro Afonso Arinos/Petrópolis.
Composto por uma apresentadora, a professora de teatro Fátima Coutinho, que conduz os jogos e cenas de improvisação e pelos alunos  do curso de teatro/adulto do ARTE NA AVENIDA: Ana Paula Leal,, Daniel Pellegrini,  Isabela Motta, Janaína Fonseca, Josiane Furiati, Letícia Laranja, Maria Júlia Lopes Cruz, Mariana Pexe,  Pedro André dos Reis, Rafael de Azevedo, Roger Souza, Thales Mendes, Tiago Moraes,  e  Yuri Mendes  competem entre si, essa mistura de jogo e teatro é que encanta o público tanto pela expectativa da cena quanto pela vulnerabilidade do ator diante do tema proposto. O Improviso exige do elenco muita criatividade e rapidez de raciocínio e também oferece muito risco ao ator, que acaba também sendo autor do espetáculo”, explica Fátima Coutinho, professora de teatro do Espaço Cultural ARTE NA AVENIDA  e a responsável pela concepção e produção artística.

SOBRE O EVENTO
As diferenças entre as Cenas Improvisadas  e as encenações tradicionais já aparecem na preparação que os atores precisam fazer antes da apresentação. Como não existe um roteiro predeterminado, os ensaios e as apresentações nunca são iguais. “É muito mais complexo que decorar e interpretar um texto, a improvisação exige que aquele que está em cena tenha treinado e estudado sobre a arte de improvisar, para que possa ter elementos suficientes para criar algo que prenda a atenção e divirta o público”.
A dinâmica do espetáculo fica por conta dos jogos sugeridos pela professora Fátima Coutinho. Em “De A até Z”, a plateia propõe um tema e um lugar e os atores devem contar uma estória em que as frases seguem a sequencia do alfabeto. Em “Transforma”, dois atores improvisam uma cena e, ao ouvir a campainha um ator entra no lugar do outro e muda a cena totalmente a partir do gesto do amigo que saiu.
“A participação da plateia é fundamental, pois ela é quem dá as sugestões de temas pra realização dos jogos. O público se torna co-autor do espetáculo, ficando responsável pela ideia inicial da cena”.
A linguagem da improvisação é uma nova pesquisa e um diferente formato de espetáculo. Cenas Improvisadas é mais um desafio para o espaço cultural ARTE NA AVENIDA, que promete surpreender o público. Vale a pena conferir!

INGRESSOS
Os ingressos estão sendo vendidos no Espaço Cultural ARTE NA AVENIDA, NA Rua 16 de março 56/302 – Edifício São Charbel – em frente ao Bob’s – dias 21, 22, 23 e 26 de março  das 13h às 18h com a Carol ou ligue 9217-2531.
Antecipados = R$ 5,00
No dia da apresentação na bilheteria = R$ 10,00

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.