Apresentação no Palácio de Cristal faz parte da programação do Sesi Cultural
Reconhecido como um dos maiores instrumentistas do mundo, Dudu Lima sobe a serra nesta sexta-feira, dia 20 de abril, para um show prá lá de especial: a apresentação, no Palácio de Cristal, a partir das 20h, será sua primeira investida em Petrópolis. Na cidade, o evento, que faz parte da programação do circuito Sesi Cultural, terá preço popular: os ingressos, já à venda, saem a R$ 15.
Não é de hoje que o nome de Dudu Lima chama atenção. O norte-americano Stanley Jordan, considerado uma lenda viva da guitarra, não poupa elogios ao instrumentista. “Ele está entre os melhores contrabaixistas do mundo. Tenho certeza de que terá fãs por toda a vida”, disse ele, que gravou uma participação especial em um dos CDs do brasileiro e chegou a se apresentar ao lado do contrabaixista.
Mas se engana quem pensa que é só: após assistir uma apresentação de Duda Lima em Búzios, no Rio, Milton Nascimento declarou em entrevista coletiva a jornalistas: “Quase caí duro quando o vi tocando contrabaixo”. Sua carreira é uma das mais bem-sucedidas no país, já tendo seis CDs e quatro DVDs lançados. Nestes, contou com as participações especiais de grandes nomes da música brasileira, como Hermeto Pascoal, Marcos Suzano, João Bosco, Toninho Horta e Jean Pierre Zanella (Canadá), além de Stanley Jordan (EUA) e Milton Nascimento.

Clássicos da MPB no repertório
Seu grupo, o Dudu Lima Trio, é formado por Dudu Lima (contrabaixo acústico, elétrico e fretless, arranjos e direção musical), Ricardo Itaborahy (piano, vocais e escaleta ) e Leandro Scio (bateria). A direção e produção geral do trabalho é assinada por Ligya Alcantarino.
Um dos momentos memoráveis da carreira é a participação especial da TV Cultura em show gravado ao vivo no Memorial da América Latina em São Paulo, onde ao lado de Stanley Jordan. Lá, teve sua música “Regina”, interpretada pela Orquestra Jazz Sinfônica de São Paulo em arranjo orquestral feito pelo pianista e arranjador Marcelo Guelfi.
Como compositor, interpreta entre outras, as autorais Mr. Jordan e Regina , gravada com Stanley Jordan, e como arranjador, apresenta releituras instigantes em novos arranjos instrumentais de grandes clássicos da música brasileira, como Aquarela do Brasil (Ary Barroso), O Trenzinho do Caipira (Heitor Villa-Lobos), Brasileirinho (Waldir Azevedo), O Ronco da Cuíca (João Bosco/Aldir Blanc) Clube da Esquina 2, Nada Será como Antes e Vera Cruz (Milton Nascimento), Amor de Índio (Beto Guedes) , Vento de Maio (Lô Borges), As Rosas não falam (Cartola) e Asa Branca (Luiz Gonzaga).

Outros shows neste mês
Neste mês o programa Sesi Cultural ainda traz à cidade outras atrações, como o espetáculo infantil “3 marujos perdidos na selva”, com os Irmãos Brothers . A hilariante viagem pela história dos primeiros anos de colonização do Brasil será encenada no dia 25, às 15, no Teatro Afonso Arinos, no Centro de Cultural Raul de Leoni. Os ingressos custam R$ 10.
No dia 27 o Sesi encerra a programação do mês com o espetáculo teatral “O filho eterno”, vencedor do Prêmio Shell de melhor ator para Charles Fricks. O espetáculo será encenado a parir das 20h no Theatro Dom Pedro. Os ingressos custam R$ 15.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.