Rosemarie Serafim, Angela Zanei, Cristiane Michelin, William Esteves, Maria Luisa Rocha Melo, Rodrigo D'Ávila, Márcia de Paula Francisco e Sandra Vissotto. (Divulgação)

Instituído por lei municipal e administrado pela Fundação de Cultura e Turismo, o Prêmio Maestro Guerra Peixe – que está em sua quinta edição – é outorgado a artistas e instituições da cidade que mais se destacam nas diversas áreas da atividade cultural durante o ano anterior.  São 10 categorias, além de um troféu instituído para homenagear um petropolitano de reconhecida importância no cenário cultural do país. A edição deste ano vem com o brilho especial da comemoração do centenário de Guerra-Peixe.
Ao todo, foram 31 indicações feitas pela comissão julgadora ao longo de 2013, sob a coordenação do diretor de Cultura Cláudio Gomide. Os jurados já finalizaram, por voto secreto, a escolha dos vencedores de cada categoria, mas os resultados só serão conhecidos (até por eles mesmos) durante a solenidade de entrega dos troféus, no dia 18 de março, data exata do centenário de Guerra-Peixe. O evento também é parte das comemorações dos 171 anos de Petrópolis, a serem completados no domingo, 16.
O troféu de Notório Reconhecimento vai para a atriz Monah Delacy, que começou sua carreira no teatro em 1950, estreou no cinema em 1960 e se notabilizou também na televisão com papéis em inúmeras novelas. Mãe da também atriz Christiane Torloni, ela já realizou uma exposição de pinturas em 1980 e dá aulas de interpretação em cursos de formação de atores em Petrópolis.
A comissão julgadora desta edição de 2014, ano em que se comemora o centenário do Maestro Guerra-Peixe, foi composta pelas seguintes personalidades: a escritora e presidente da Academia Petropolitana de Letras, Cristiane Michelin; a psicóloga e poetisa Angela Zanei do Valle; a artista plástica Sandra Vissotto; a jornalista Rose Marie; o músico Rodrigo D’Avila; o ator William Esteves; a representante do Petrópolis Convention & Visitors Bureau, Márcia de Paula Francisco; e a bibliotecária Maria Luisa Rocha Melo, as duas últimas como representantes do Poder Público. Na coordenação, sem direito a voto, está o diretor de Cultura, Cláudio Gomide.
Os concorrentes ao Prêmio Maestro Guerra-Peixe de 2014, por categoria, são:

1.Música Popular:
Breno Morais – Atuação 2013
João Felippe De Souza Ramos – Atuação 2013
Marco Aurêh - pelo show Lumen
Tribo de Gonzaga – Atuação 2013

2. Música Erudita:
Conjunto Anima e Cuore – UCP
Coral dos Canarinhos
Meninas Cantoras dos Canarinhos de Petrópolis
Projeto Mahler – com Patrícia Scagliusi, Ângelo Tribuzi e Wally Borghoff

3.Teatro:
Não houve indicações

4. Dança:
Roberta Bertelli – atuação na JMJ
Fobia – espetáculo de Dança
Consuelo Carriles – pela participação no espetáculo de dança Frederico Garcia Lorca da Cia Flamencos de Mi Sierra

5.Artes Visuais:
Claudio Partes – Atuação 2013
Exposição – Brasil Portugal – O mar que nos separa a língua que nos une
Rodrigo Santana – Atuação 2013

6.Literatura:
Almir Tosta – pelo livro – A Bahia das Tradições, mistérios, mitos e magia
Julio Ambrósio – pelo livro - Petrópolis – O Presente e o Passado no Espaço Urbano uma Historia Territorial
Nilton Anjos – pela tradução do livro Cânticos dos Cânticos

7.Comunicação:
Programa  Vitrine
Programa Camarim
Revista ON
TV FASE  – canal 24

8.Audiovisual:
O Acre em uma mesa de negociação - de Thiago Gomide
O Budismo e a Montanha – de Ricardo Braun

9.Produção Cultural:
Casa de Cultura Cocco Barçante
Studio S
Solstício do Som – Inverno e Verão 2013
X da Questão

10.Categoria Especial:
Casa Claudio de Souza
Galeria de Arte Fefafez
Palácio Itaboraí
Gustavo Vierini

Notório reconhecimento:
Monah Delacy


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.