“Comédia escrita pelo dramaturgo francês Molière”
Considerado pelos especialistas em teatro como um dos melhores textos de comédia escrito pelo dramaturgo francês Molière (1622-1673), O Doente Imaginário ganha nova montagem, com encenação da diretora Jacqueline Laurence e a Cia Limite 151. A tradução e adaptação são de João Bethencourt e no elenco estão Élcio Romar, Gláucia Rodrigues, Edmundo Lippi, Gustavo Ottoni, Renato Valença, Jaqueline Brandão, Andressa Lameu, Gustavo Wabner, Márcio Ricciardi e Renato Peres.
O Doente Imaginário foi a última peça escrita e encenada por Molière, que sofreu um ataque em pleno palco, durante uma apresentação, morrendo pouco depois. Obra-prima do gênero, com tradução e adaptação de João Bethencourt, um dos mais importantes nomes da comédia brasileira, falecido no último dia de 2006, a peça reúne intrigas e romance na mesma trama. Angélica, filha de Argan, um rico e avaro burguês (tipo muito presente nas comédias de Molière), vítima de hipocondria, apaixona-se por um rapaz, o romântico Cleanto. O pai, no entanto, quer que ela se case com um médico, pois desta forma teria assegurado consultas gratuitas sem ao menos precisar sair de casa.

SERVIÇO
O Doente Imaginário
Theatro D. Pedro
Praça dos Expedicionários, s/nº, Centro
(24) 2235-3833
Ingressos: R$ 40
Classificação indicativa: 10 anos
Duração: 90 minutos

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.