O espetáculo será um "sonho" originalmente escrito para uma festa de casamento na vida real. (Divulgação)

Cento e cinquenta alunos, do Espaço Cultural Arte na Avenida vão comemorar os 450 anos do nascimento do escritor inglês William Shakespeare! E para comemorar em grande estilo, irão apresentar a comédia romântica “Sonho de uma noite de verão” - espetáculo de Dança e Teatro - no dia 9 de dezembro (3ª feira) – às 20h no Theatro D. Pedro.
– A peça tem muito a dizer sobre a natureza efêmera do amor e a sua habilidade de curar feridas – afirma Fátima Coutinho, que assina adaptação e a direção geral do espetáculo.
Numa noite de verão, num bosque, quatro jovens enamorados encontram-se e desencontram-se: Lisandro ama Hérmia que ama Lisandro e é amada por Demétrio, que é amado por Helena; depois, Demétrio ama Helena, que ama Demétrio e é amada por Lisandro, que é amado por Hérmia. Na manhã seguinte, tudo se resolve, e há um casamento triplo, pois casam-se também o Duque de Atenas e a Rainha das amazonas. Na festa, no palácio do Duque, apresenta-se uma peça de teatro amador, escrita e encenada por trabalhadores locais. É hilariante de tão ruim a "comédia trágica", que teve ensaio naquela noite de verão, naquele bosque, habitado por fadas e duendes que têm seu Rei e sua Rainha, que disputam a guarda de um menino indiano, e por isso esta Rainha apaixona-se, naquela noite de verão, por um mortal com cabeça de burro.
Ação e movimentação, paixões e casamentos, brigas e reconciliações, equívocos e finais felizes. É um Shakespeare muito divertido e nada trágico, um "sonho" originalmente escrito para uma festa de casamento na vida real.
– É um Shakespeare muito divertido e nada trágico, um "sonho" originalmente escrito para uma festa de casamento na vida real –, conta.
A adaptação do texto em uma linguagem bem atual e a direção geral do espetáculo é da profº de teatro Fátima Coutinho. Os adereços de cena ficaram a cargo da aderecista do Projac, que subiu a Serra especialmente para abrilhantar mais ainda o espetáculo, Maria Ieda Vieira de Almeida. As professoras Fátima Coutinho e Ana Paula Leal estão responsáveis pela direção teatral. As coreografias são: Ballet Baby – Luiza Pessôa e Geisa Helena; Ballet Infantil E Adolescente – Henrique Ramos; Ballet Adulto E Adolescente – Rosa Muller; Jazz Infantil – Renata Justen e Camilla Vilaça; Jazz Adolescente e Adulto – Isabela Barenco; Dança do Ventre Adolescente – Renata Justen; Dança do Ventre Adulto –Dália Roiberk e Renata Justen, Dança de Rua – Tamires Campos. O Elenco teatral é formado por Ana Paula Leal – Titânia (Rainha das Fadas); Léo Tavarez – Oberon (Rei dos Duendes); Davi Alves – Puck (Duende trapalhão); Piero Fagundes – Lisandro (apaixonado por Hérmia); Tiago Braga – Demétrio (apaixonado por Helena); Ana Beatriz Hammes – Helena (apaixonada por Demétrio); Ana Paula Buffon – Hérmia (apaixonada por Lisandro); Gulherme Baêta – Teseu (Duque de Atenas); Luiza Queiróz – Hipólita (Rainha das Amazonas); Luis Henrique Basílio – Egeu (Pai de Hérmia); Paulo Victor Dias – Nick Botton (Tecelão); e os alunos do Curso de Teatro Infantil, Bernardo Aguiar – como o menino indiano, Maria Fernanda Ambrósio (duende) e as Fadas que narram todo o espetáculo Amanda Castro, Anna Clara Vizzini, Bárbara Costa, Bruna Escocard, Carol Galeb, Fernanda Mello, Flora Martins, Iná Marques, Isadora Corrêa, Juliana Alves, Laura Abi Daud, Laura Júlia Rodrigues, Letícia Izabel, Lia Pisetta, Luiza Rodrigues, Maria Eloah Sarto, Maria Luiza Mello, Maria Luiza Oliveira, Manuela Costa, Mariana Machado e Talita Valle

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.