“Memorare” traz composições nacionais inéditas

A música erudita acaba de ganhar um registro histórico do trabalho de um dos corais de meninas mais famosos do Brasil: o CD “Memorare”, do Coral das Meninas dos Canarinhos de Petrópolis. Este é o primeiro CD do coro, que há 25 anos encanta o país. O lançamento será nesta sexta-feira (29), às 20h, na Igreja do Sagrado Coração de Jesus, no Centro Histórico.
“Nossa intenção é mostrar para o público a maturidade alcançada pelo Coral das Meninas dos Canarinhos. Por isso, selecionamos obras de grande porte, tanto da música erudita, como da música clássica. Poucos são os coros infanto-juvenis que se atrevem a lançar um trabalho como este, dada a complexidade das composições”, exaltou o maestro do coral, Marcelo Vizani, afirmando que este trabalho é a realização de um sonho. “A obra coroa o grande trabalho realizado pelas meninas ao longo destes 26 anos”, comemorou.
Gravado em 2014, “Memorare” possui 11 faixas. Entre as composições, estão clássicos da música sacra e produções nacionais do gênero, compostas especialmente para o CD, como “Haec Dies II”, de Antonio Gastão, “O Sacrum Convivium”, de Marco Aurélio Lischt e “Ave Maria”, de Alexandre Schubert.
Segundo o maestro Antonio Gastão, que já compôs outras músicas para o coral das Meninas dos Canarinhos, sua intenção foi compor uma obra alegre que celebrasse a Páscoa: “Temos a intenção de elevar o espírito das pessoas. Para isso, a composição foi baseada em canto gregoriano”, afirmou. “Acompanhei as gravações e fiquei encantado, ficou muito melhor do que tínhamos planejado. Estou muito satisfeito com o resultado que vi, e espero que o CD reflita essa satisfação de quem produziu o CD”, afirma.
O maestro Marco Aurélio Lischt, que é também diretor artístico do Instituto dos Meninos Cantores de Petrópolis, destacou o caráter religioso de sua obra. “Procurei explorar uma sonoridade de um ambiente religioso que lembra o convívio de Jesus com os apóstolos na última ceia. Uma pitada de harmonia francesa do século XX também foi utilizada para dar um toque de leveza e de sobriedade à obra, transportando o ouvinte para um ambiente de paz e tranquilidade”, ressaltou.
No entanto, também há espaço para músicas que chamem à reflexão litúrgica do público, como a releitura de Ave-Maria composta pelo compositor Alexandre Schubert. “Usamos um texto em português, com duas fases e uma roupagem mais moderna. É uma música calma, para que as pessoas possam meditar. Uma obra que busca combinar a pureza, com o lado angelical do Coral das Meninas dos Canarinhos”, afirmou Schubert, que ressaltou a satisfação em trabalhar com o grupo vocal. “Foi um grande prazer. A gravação ficou muito bacana e o repertório é muito bonito”, destacou.
Mais informações sobre as atividades do Instituto dos Meninos Cantores de Petrópolis podem ser consultadas no site www.canarinhos.com.br, pelo

 Facebook http://fb.com/canarinhosdepetropolis ou pelo telefone: (21) 2104-4141.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.