O Museu Judaico do Rio de Janeiro e a Casa Stefan Zweig têm a satisfação de convidar seus sócios e amigos para a palestra da historiadora alemã Marlen Eckl: "A flor do exílio – A amizade de Stefan Zweig e Ernst Feder vista a partir do Diário Brasileiro de Feder".
Marlen Eckl é mestre em Letras e Estudos Judaicos e doutora em História pela Universidade de Viena (Áustria). É colaboradora e consultora da CASA STEFAN ZWEIG de Petrópolis e pesquisadora sênior do LEER/USP e do Instituto Shoah de Direitos Humanos, São Paulo.
A palestrante abordará a trajetória do jornalista Ernst Feder e da sua amizade com Stefan Zweig no exílio brasileiro. Feder, jurista e editor responsável de política do Berliner Tageblatt por muitos anos, foi um dos jornalistas alemães mais prestigiosos e internacionalmente conhecidos. Em 1933, por ser judeu e devido à sua atitude política, teve que deixar a Alemanha. Foi o último amigo a ver o casal Lotte e Stefan Zweig na véspera do seu suicídio.

Terça-feira, 2 de junho de 2015, 17h
ENTRADA FRANCA

Local: Rua México, 90 – sala 110, Centro, Tel: 2240-1598 / 2524-6451
Metrô: Estação Cinelândia, saída pela Pedro Lessa

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.