Projeto vai oferecer ao público apresentações permanentes
 em três pontos do município

As apresentações do Circuito Imperial de Coros serão permanentes (Divulgação)

Três diferentes pontos de Petrópolis serão palcos permanentes para o Circuito Imperial de Coros que começa já no sábado, dia 5 de agosto. Realizado pelo Instituto Municipal de Cultura e Esportes, o projeto vai oferecer ao público apresentações gratuitas com uma das mais expressivas tradições da cidade, os corais. Considerada berço de corais, Petrópolis que tem hoje mais de 100 coros. As três apresentações mensais valorizarão estes talentos. Os concertos serão realizados sempre aos sábados no Palácio de Cristal, Centro de Artes e Esportes Unificado (CEU) da Posse e Parque Municipal, em Itaipava respectivamente. A programação já conta com a participação de 13 coros do município.
“Temos que valorizar e destacar essa importante manifestação cultural, essa tradição legítima da nossa cidade, que são os corais. Eles estão ligados diretamente à história de Petrópolis e com certeza são um patrimônio da nossa cidade que deve estar presente não apenas nas programações mais tradicionais, como o natal e as missas. É um patrimônio que também deve estar presente no calendário permanente de atrações, para que os moradores apreciem esta joia. O circuito também agrega ao turismo, pois é mais uma alternativa de qualidade que a cidade irá oferecer a turistas e visitantes, para que se encantem ainda mais com essa riqueza cultural petropolitana”, avalia o prefeito Bernardo Rossi.
 As apresentações do Circuito Imperial de Coros serão permanentes e acontecem sempre nos três primeiros sábados do mês. O primeiro a receber o concerto é o Palácio de Cristal, às 18h. No segundo sábado do mês o palco será o CEU da Posse com apresentação marcada para 16h. No terceiro sábado a apresentação será no Parque Municipal, em Itaipava, às 17h.
A programação começa dia 5 de agosto com os coros da Usimed e Pro Tempore. No dia 12 é a vez do Coral dos Anjos e no dia 19 o Coral Laos Deo. Em setembro se apresentarão as Princesas de Petrópolis, no dia 2, as Meninas dos Canarinhos de Petrópolis no dia 9, e no dia 16 os Canarinhos de Petrópolis. Em outubro tem Dó Ré Mi no dia 7, Cant´Vox no dia 14 e no dia 21 Coral Calebe. E em novembro sobe aos palcos permanentes o Coro e Orquestra da UCP no dia 4, Coral da Escola de Música da UCP no dia 11 e no dia 18 o Coral Municipal de Petrópolis.
“É uma felicidade para todos nós - atual gestão, segmento de canto coral e petropolitanos – ganhar esse circuito que é mais do que uma programação permanente e gratuita de qualidade. Estamos valorizando uma expressão artística simbólica e atuante na Cidade Imperial, que é o canto coral. Todo o município – moradores e visitantes – serão beneficiados com o Circuito Imperial de Coros que certamente agrega ainda mais valor a uma cidade tão cultural, como Petrópolis”, frisa o diretor-presidente do IMCE, Leonardo Randolfo. 


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.