O Mobília Space é o estúdio do Fábio Brasil baterista do Detonautas

A banda petropolitana Sob Efeito gravou, no último dia 16 de maio, três músicas novas no estúdio do baterista do grupo Detonautas, Fábio Brasil. O espaço é chamado de Mobília Space e as gravações serão divulgadas no Youtube no canal Mobília Sessions.
Segundo o vocalista Raphael Curioni a ideia é parecida com o “Live from abbey Road”, no qual as bandas iam tocar no estúdio dos Beatles. Ele explica que foram convidados pelo próprio Fábio e pelo Léo Costa produtor do estúdio, que ouviram o som da banda e os chamaram. “A gravação foi sensacional! Já estávamos animados, mas foi tudo muito mais legal do que esperávamos, tanto pelas pessoas do estúdio serem muito humildes e terem nos acolhido bem, quanto por poder ficar uma tarde inteira tocando no mesmo estúdio que o Detonautas grava e ensaia”. O vocalista ressaltou também a felicidade em terem gravado as três canções de primeira. “Tocamos bem e não demos para trás, mesmo que fosse uma situação de nervosismo por estarmos na frente de um cara que pertence a uma das melhores bandas de rock do país, nos sentimos bem e demos conta do recado”, garante.
O baterista Bernardo Cabral considera importante para a carreira da banda. “Estávamos em um estúdio de ponta onde grandes músicos passaram e no mesmo local que são gravadas as músicas de uma das melhores bandas de rock nacional (Detonautas)”, afirma.
Já o guitarrista Bruno Jordão diz que ser convidado pelo estúdio Mobília foi uma honra. “É um local onde vários artistas de diversos estilos musicais já passaram. Do Rap com MV Bill ao rock com o Detonautas”. Bruno conta que o estúdio segue uma linha de gravação voltada ao sistema analógico, o que na opinião da banda, deixa o som mais “quente” e menos digital. “Tudo saiu como o planejado. Gravamos duas músicas inéditas e outra chamada “O Silêncio” que já vínhamos tocando em shows. Acho que o público vai gostar do resultado”, comenta.
Gustavo Cabral, baixista da Sob Efeito, diz que foi uma experiência nova. “Gravamos três músicas direto, numa espécie de programa de TV ao vivo. Foi confortável e todos que trabalham lá nos deixaram muito à vontade. Me senti em casa”, revela.
Na ocasião a banda gravou as músicas: “O silêncio”, “Tudo aquilo” e “Último homem de pé”. Segundo Curioni serão divulgadas uma de cada vez.
O primeiro a tocar no Mobília Sessions foi o Detonautas e, além dele, mais algumas bandas do Rio.
Fonte: Assessoria


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.