Começa nesta quarta-feira o agendamento de escolas para visita a uma importante exposição fotográfica, "50 Anos de Desenvolvimento Nacional". Promovida pelo Arquivo Nacional com fotos de seu acervo, a mostra vale como uma viagem à história recente do Brasil e está no Centro de Cultura Raul de Leoni até 5 de abril, graças ao apoio da Prefeitura, por meio da Fundação de Cultura e Turismo. As imagens registram os momentos mais importantes da segunda metade do século XX, mostrando a forma como o Brasil agrário se transformou no país de hoje: predominantemente urbano, industrial e de serviços, com um novo patamar social e cultural.
As escolas visitantes, mediante agendamento, ganham como brinde do Arquivo Nacional kits com material da exposição para professores e alunos, mas a visita é também um programa imperdível para quem gosta de fotografia, de história, ou quer conhecer mais sobre a realidade brasileira.
Uma viagem para todos – Através das lentes de inúmeros fotógrafos surgem os diferentes momentos do país, em imagens de pessoas, eventos e locais. Elas vão da construção das primeiras grandes usinas – siderúrgicas, hidrelétricas ou a nuclear de Angra – ao momento da privatização de várias delas, passando por situações diversas: manifestações culturais, como o Festival da Canção de 1968 ou o programa do Chacrinha; movimentos  sociais, como a migração nordestina rumo ao Sul e Sudeste ou a luta pela reforma agrária; marcos históricos, como o primeiro automóvel  fabricado no Brasil, a primeira linha de metrô do país, em São Paulo, a  eletrificação no campo, ou a demarcação das terras indígenas;  marcos políticos, como o movimento Diretas Já, ou a repressão nos anos de chumbo, em imagem simbólica. São fotos que impressionam e despertam o desejo de conhecer mais, levando aos textos de apresentação e legendas que dão informações resumidas de toda a evolução histórica do período.
A visitação, para o público em geral, acontece de terça a sábado, das 13h às 18, e aos domingos das 13h às 17h. As escolas devem agendar a visita pelos telefones 2233-1202 e 2233-1222, designando também um professor responsável. O Centro de Cultura Raul de Leoni fica na Praça Visconde de Mauá 305, Centro Histórico.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.