INFORMAÇÕES DO ESPETÁCULO
SERVIÇO: Espetáculo de Dança
TEMA: Celebrando a Criação (15 Anos do Hip-Boi)
STUDIO: Hip-Boi Priscila Castro – Petrópolis - RJ
DATA: 9 de maio de 2015 (sábado)
HORA: 18h
LOCAL: Teatro do Forte de Copacabana
EVENTO: Projeto Interdanças
INGRESSO: ENTRADA FRANCA (Distribuição de senhas 1h antes)
CLASSIFICAÇÃO: Livre
Destacamos a importância deste convite:
Projeto “INTERDANÇAS”
*Realizado e promovido pelo Exercito Brasileiro e Forte de Copacabana, que tem como uma das responsáveis Denise Aquarone, integrante da direção do SPDRJ.
*Acontece 1 vez por mês, sempre no 2º sábado.
*São 10 espetáculos anuais.
*Pelo 3º ano consecutivo o Hip-Boi é convidado a integrar o calendário anual, sendo o único representante de Danças Brasileiras de todo o país. 


INTEGRAÇÃO PLATÉIA & ESPETÁCULO
PARTICIPAÇÃO DA BANDA TRIBÁLICA:
O Studio Hip-Boi que inovou em 2013 sendo o 1º a realizar no Theatro D. Pedro intergração entre espetáculo, bailarinos e platéia, vem em 2015 mantendo essa integração com a platéia com um grande diferencial, a participação da Banda Tribálica, especializadas em tocar toadas.


CELEBRANDO A CRIAÇÃO
15 ANOS DE HIP-BOI

“...Batam bem forte os pés no chão! Celebrem a dança, o rito, a consagração...
imensurável é o amor que temos pelo Hip-Boi...”
Transmitir o conhecimento é transmitir cultura, finalidade objetiva da tradição na comunidade humana. É através desta tradição, que chega aos nossos dias todo o conteúdo que ampara a contextualização da arte, da dança e da cultura. Através dela podemos recriar e dar vida aos conhecimentos transmitidos por um trabalho que difunde a cultura popular valorizando o folclore brasileiro. Tão importante quanto preservar e cuidar é manter sempre viva a chama da tradição para melhor compreendermos a nossa própria história. A herança cultural deixada pelo Festival Folclórico de Parintins atravessou fronteiras e hoje projeta em Petrópolis, no Brasil e no mundo, essa brincadeira de boi que se tornou espetáculos e a identidade cultural do Hip-Boi.
O coração bate forte, acelerado, a paixão e a emoção comandam a festa deste nosso povo, que faz da alegria a sua tradição.
Deixe a emoção te levar, viva a cultura popular!
Um grande beijo,
Priscila Castro

“Pra te conquistar, rompi as fronteiras da minha ousadia... eu sou inovador, desafiador... minha vida é brincar de boi, sem perder a tradição.” 
(“O Centenário de uma paixão” - Boi-bumbá Caprichoso 2013)


ORIGEM DO HIP-BOI:
Comemorando seus 15 anos de criação, o Hip-Boi, modalidade de dança que mistura o Hip-Hop (ritmo musical que originou as dança urbanas) com o boi-Bumbá (festa que deu origem as danças regionais de Parintins) apresentará o espetáculo “Celebrando a criação” titulo que faz alusão a comemoração desta data única.


INFORMAÇÕES HISTÓRIAS:
Sob direção de Priscila Castro, o espetáculo de dança “Celebrando a criação” comemora uma data singular, os 15 anos do Hip-Boi, modalidade de dança idealizada por Jorge Hélio de Castro e criada e oficialmente lançada por Priscila Castro em setembro de 1999.
O Hip-Boi, que posteriormente deu origem ao atual nome do Studio & Cia dirigido por Priscila Castro é atualmente praticado por pessoas de todas as idades, tanto como modalidade de dança, como atividade física.

Além do Studio, a modalidade foi e é praticada em: projetos independentes e do município como o Ciranda das Artes, emescolas públicas e particulares do município, eventos de dança, academias, cruzeiros, workout e outros.
No que diz respeito a apresentações, espetáculos são apresentados em diversos estados do Brasil, dos quais destacamos SESC de Três Rios e Nogueira, Juiz de Fora, Teatro do Forte de Copacabana, Teatro do Jockey Club, Mecanizado Quitandinha e anualmente há 15 anos no Theatro D. Pedro.
Nos últimos nove anos, oito bailarinos se profissionalizaram através dos conhecimentos adquiridos no Studio Hip-Boi. Todos foram aprovados e adquiriram o DRT (Registro Profissional de Artista Bailarino do SPDRJ) destes, dois se formaram em Educação Físicae outros dois encontram-se em formação, todos exercendo a profissão de dança.

BAILARINOS REGULAMENTADOS
Aline Pomine Douglas Alcântara - 2005
Flavia Carrilho e Marcus Castro - 2006
Beatriz Esteves e Tainã Bull - 2012
Tatiana Moura - 2013
Karina Oliveira - 2014

Graças ao trabalho desenvolvido com o Hip-Boi, Priscila Castro recebeu diversos títulos e homenagens, entre eles, destacamos:
* Indicado ao Prêmio Maestro Guerra-Peixe de Cultura
* Vencedora do Prêmio “É Festa - Os Melhores da Arte Cultura e Lazer de Petrópolis” na Categoria Dança. (2006, 2007, 2008, 2009 e 2010)
*Título "Personalidade Petropolitana 2004"
* Título "Amiga do Batalhão 2005"
* Agraciada com dez “Moções Congratulatórias” (2005, 2009, 2010 e 2014)
* Homenageada com o enredo “O Nova Lua Garante o Hip-Boi e Capricha na Folia” – G.R.B.C. Nova Lua (2008)







Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.